A equipe da Imagem da Vida voltou às comunidades indígenas de Teyi`kue, no Mato Grosso do Sul, e Kumene, no extremo norte do Amapá, para a entrega dos livros do Olhares Cruzados na Diversidade às crianças e adolescentes que participaram do projeto ao longo dos últimos dois anos.

Além da visita às comunidades, também foram organizados os tradicionais encontros com orientadores pedagógicos dos municípios de Caarapó/MS e Macapá/AP, que contou com mais de 30 pedagogos envolvidos, além da presença de integrantes do Instituto IMENA – Instituto das Mulheres Negras do Amapá, que também estiveram na reunião para debater sobre a importância da implementação das Leis 10.639/11.645, que tornam obrigatório o estudo de temáticas africanas e de povos ameríndios nas grades curriculares do ensino fundamental e médio.

Nas aldeias, a equipe da OSCIP também expôs o documentário do projeto Olhares Cruzados na Diversidade e deixou um módulo da exposição do projeto nas comunidades, para que sirva de material de apoio nas escolas e também uma ferramenta emponderadora entre os jovens.

Com a entrega dos livros às crianças e adolescentes das duas comunidades indígenas envolvidas, encerra-se a etapa das devolutivas do projeto nas cinco comunidades participantes, que esperam agora o próximo ano para a realização de novas oficinas do Olhares Cruzados na Diversidade.

O projeto é fruto de um patrocínio da Petrobrás.

 

 

 

Sem Comentários

Você pode ser o primeiro a comentar.

Deixe um Comentãrio

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Que tal nos visitar no Facebook? :)

Facebook